Igreja portuguesa saberia dos abusos sexuais de Ximenes Belo há mais de dez anos

29 set, 13:28

Desde 2010 que a Igreja Portuguesa tinha, alegadamente, conhecimento dos abusos sexuais de que D. Ximenes Belo é suspeito.  

Os casos terão sido abafados por causa da visita a Portugal do Papa Bento XVI, que decorreu nesse mesmo ano. Segundo avança o jornal Observador, o à data Cardeal Patriarca de Lisboa terá tentado impedir que as notícias sobre os alegados abusos viessem a público.

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados