Hungria vai obrigar grávidas a ouvir batimento cardíaco do feto antes de um aborto

15 set, 14:39

É mais uma decisão no mínimo polémica do governo da Hungria. As mulheres que queiram realizar um aborto vão ter de ouvir o batimento cardíaco do feto antes de avançarem com o procedimento. O decreto entra hoje em vigor esta quinta-feira, e os médicos vão ter de provar que o fizeram.

Europa

Mais Europa

Patrocinados