Hospital condenado a pagar 15 mil euros por não contratar mulher que estava a amamentar

1 fev 2022, 16:54

O Tribunal da Relação do Porto confirmou a decisão judicial que condenou o Centro Hospitalar do Baixo Vouga a pagar 15 mil euros a uma mulher que se recusou a contratar por estar a amamentar um filho.

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados