Homicídio de Ihor Homeniuk. Nova acusação do Ministério Público diz que arguidos ignoraram vítima algemada

8 mar 2023, 13:00

Há uma nova acusação no caso da morte do cidadão ucraniano nas instalações do serviço de estrangeiros e fronteiras do aeroporto de lisboa, em março de 2020. Depois da condenação dos três inspetores que estiveram dentro da sala com o imigrante, o Ministério Público vem agora acusar o diretor do SEF de Lisboa da altura, dois inspetores coordenadores e dois vigilantes pelos crimes de homicídio negligente por omissão, sequestro e ainda denegação de justiça. 

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Vistos

Patrocinados