Henrique Machado: “Fica mal a imagem do Estado quando deixou há um mês de acompanhar a criança, invocando que não havia sinais de perigo"

24 jun, 18:17

As equipas técnicas e disciplinares da Segurança Social que acompanhavam a família de Jéssica concluíram há cerca de um mês que não havia "sinais de perigo" para esta criança. Henrique Machado, editor de Sociedade, considera que houve uma “má avaliação por parte desta comissão de acompanhamento”, que “fez chegar ao Ministério Público informação errada”, deixando assim que o Estado deixasse de vigiar a menina, que acabou por ser vítima de rapto e homicídio.

País

Mais País

Patrocinados