"Haverá cada vez mais feridos": militares ucranianos amputados são tratados em Berlim

3 jun, 14:04

Um projeto alemão denominado "Ponte de Vida" tem levado vários militares ucranianos amputados a Berlim para serem tratados e terem novas próteses. Esta tem sido uma ajuda importante para o milhares de militares amputados que querem começar uma nova vida: alguns, como Vitaly Sayko-Kazakov, querem mesmo voltar ao combate. A reportagem é de Fred Pleigen, da CNN Internacional

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados