Há "ações concretas" para integrar a Ucrânia na NATO: é isto que sai da cimeira de Washington

10 jul, 23:19

Bruno Reynaud de Sousa, especialista em direito internacional, em direto de Washington, afirma que "não há divergências a ultrapassar". "O único caminho da Ucrânia é a adesão da NATO".

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados