Há 100 mil pessoas em Mariupol que dependem da ajuda humanitária para sobreviver

25 mar, 14:28

Aa autoridades ucranianas confirmam pelo menos 300 mortos em Mariupol. São vítimas do bombardeamento das tropas russas no teatro onde se escondiam mais de mil pessoas. 

Mariupol está praticamente destruída e a população que não conseguiu fugir não tem água nem comida. Restam cerca de 100 mil pessoas nesta cidade portuária e os civis dependem da ajuda humanitária.

Europa

Mais Europa

Patrocinados