Guterres diz ser “mensageiro de paz”, mas que é difícil “entrar numa sala e convencer Putin”

27 abr, 18:53

O secretário-geral da ONU, António Guterres, disse esta quarta-feira, à chegada a Kiev, que a prioridade no conflito da Ucrânia é criar condições para salvar os civis e assumiu-se como um “mensageiro de paz”.

Europa

Mais Europa

Patrocinados