"Guantánamo tem a fina ironia de os americanos afirmarem que no território dos EUA não há tortura"

11 jan, 17:35

Pedro Neto, diretor executivo da Amnistia Internacional, analisou esta terça-feira o impacto da prisão de Guantánamo nos direitos humanos e sublinhou que a cadeia 

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados