Grávida desaparecida. Tapete com sangue encontrado em carrinha pode ser tapete em falta na casa da Torreira

Jornalista da editoria de Sociedade. Acompanha as áreas de Justiça e Administração Interna.
29 nov 2023, 23:50

A PJ continua a investigar o desaparecimento do corpo da grávida da Murtosa, que terá sido assassinada. Sabe-se agora que um dos apartamentos do principal suspeito terá sido desinfetado dias após o desaparecimento da vítima. 

Numa das casas de banho da casa, faltava um tapete, que poderá ser o mesmo que a PJ encontrou numa carrinha onde havia vestígios de sangue.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Vistos

Patrocinados