Governo põe travão a providência cautelar de Joe Berardo

Jornalista TVI e CNN Portugal. Licenciada em Ciência Política e pós-graduada em Jornalismo pelo ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa. Em 2014 iniciou o percurso na televisão. Está na editoria de Sociedade da TVI desde 2016.
6 jan, 20:36

Está transformado num duelo jurídico o futuro da Coleção Berardo. O Governo extinguiu a fundação que é proprietária da vasta coleção de arte contemporânea que está exposta no CCB, mas Joe Berardo entregou uma providência cautelar que foi aceite pelo Supremo Tribunal Administrativo. O empresário madeirense afirma que a decisão do Governo não visa nenhum interesse público e acusa o Estado de "roubar" a coleção de arte.

O governo contra-atacou já esta sexta-feira: o Conselho de Ministros aprovou uma resolução para garantir que a fundação é suspensa, e para inibir os poderes dos administradores que estavam em funções.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Vistos

Patrocinados