"Gostava que em 2023 não estivéssemos a discutir 2015": as perguntas a que Medina respondeu e não respondeu sobre as suspeitas de corrupção na Câmara de Lisboa

19 jan, 19:36

Medina pediu à PGR para ser ouvido sobre as suspeitas de corrupção na Câmara de Lisboa. Disse que não sabe de qualquer investigação, que soube pela CNN o que está a acontecer e que fez tudo bem. Mas não gosta de ter de falar sobre 2015. Fernando Medina, atual ministro das Finanças, chamou os jornalistas esta quinta-feira para prestar esclarecimentos sobre a notícia avançada pela TVI/CNN Portugal relativamente a suspeitas de corrupção na Câmara de Lisboa para angariar fundos para o PS - isto quando o próprio Medina presidia à autarquia. Publicação-vídeo na íntegra do que Medina disse e não disse

Governo

Mais Governo

Patrocinados