Francisco Proença Garcia: "Temos que pensar num cessar-fogo. Enquanto não houver entendimento, não vamos ter acordos de paz"

11 dez 2022, 23:37

Francisco Proença Garcia, professor do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica, defende que o que importa agora no âmbito da guerra na Ucrânia é "pensar num cessar-fogo imediato", uma vez que a guerra "está para durar". O comentador considera que nenhuma das partes - Rússia e Ucrânia - estão em condições de partir para um processo negocial, porque uma quer reconquistar o território completo e a outra quer garantir zonas que já tem anexadas. "Enquanto não se chegar a um entendimento, não vamos ter os acordos de paz", conclui.

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados