“Foi a Rússia que nos bombardeou”. De “repente” e sem aviso prévio, 70% de Izium foi destruído

19 set, 21:58

As forças russas foram repelidas de Izium. A cidade foi abandonada à pressa pelo exército invasor e o que sobrou é devastação quase total, como comprovaram os enviados especiais da TVI/CNN Portugal Hugo Pedro Capela e Nuno Gomes Lopes.

Europa

Mais Europa

Patrocinados