Fim das máscaras nos transportes "terá pouca duração", diz médico. "Em finais de setembro é expectável uma nova onda de covid-19"

26 ago, 15:04

As máscaras vão deixar de ser obrigatórias nos transportes públicos e nas farmácias, mas a medida gera discórdia. O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública, Gustavo Tato Borges, diz que "terá pouca duração de aplicação" devido ao reinício da atividade pandémica e que "poderemos ter de regredir na medida". A Associação Nacional das Farmácias recomenda a utilização do uso de máscaras ou viseiras.

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados