Federação Académica do Porto defende intervenção para combater a falta de alojamento para estudantes

4 out, 10:05

Gabriela Cabilhas, presidente da Federação Académica do Porto, defende a revogação da idade máxima estabelecida para o estatuto de estudante deslocado, atualmente fixada nos 25 anos, e quer novas medidas para combater a falta de alojamento para estudantes universitários, bem como o elevado preço de arrendamento de quartos e casas.

Educação

Mais Educação

Patrocinados