Fábio Guerra, o jovem polícia de 26 anos que morreu após ser espancado por fuzileiros em Lisboa

21 mar, 13:58

Fábio Guerra tinha 26 anos, era natural da Covilhã e vivia há quatro anos em Lisboa.

Morreu na manhã desta segunda-feira, no Hospital São José, em Lisboa, onde estava internado em estado grave, desde a madrugada de sábado, após ser espancado por militares do corpo de fuzileiros.

Fábio não resistiu às graves lesões cerebrais que sofreu na sequência das agressões de que foi vítima à porta de uma discoteca na Avenida 24 de julho, em Lisboa.

País

Mais País

Patrocinados