Exclusivo: filha da grávida morta no Barreiro diz que mãe andava com medo

Jornalista da editoria de Sociedade. Acompanha as áreas de Justiça e Administração Interna.
19 ago, 21:39

Foi tumultuoso o interrogatório ao homem suspeito de ter assassinado a mulher grávida de oito meses, no Barreiro. Tentou fugir da sala de audiências, pontapeou cadeiras e acabou colocado em prisão preventiva depois de se ter recusado a prestar declarações ao juiz de instrução criminal. Em exclusivo à TVI/CNN Portugal, a filha mais velha da vítima disse, entretanto, que estranhou o comportamento da mãe, nos últimos dias

País

Mais País

Patrocinados