Exclusivo. Amigo de Sócrates ainda lucra milhões com o Estado

19 dez 2022, 21:25

Enquanto aguarda julgamento ao lado de José Sócrates, Carlos Santos Silva não tem parado de realizar contratos públicos com dezenas de entidades públicas.

Desde que foi detido no âmbito da Operação Marquês no final de 2014, até hoje, o alegado testa de ferro do antigo primeiro-ministro conseguiu arrecadar mais de 3,5 milhões de euros em centenas de contratos, na maioria por ajuste direto, e muitos deles com câmaras socialistas. Dois deles dizem respeito ao polémico passadiço no Açude da Ribeira, em Ervedal da Beira, concelho de Oliveira do Hospital. O "monstro", como a população local lhe chama, tinha afinal uma explicação.

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados