Ex-diretor da PJ Militar acusado de denunciar investigação foi exonerado em segredo

25 nov, 21:57

O ex-diretor da unidade de investigação criminal da PJ Militar, o coronel Francisco Vasconcelos, terá avisado os militares envolvidos num alegado esquema de corrupção relacionado com caçadas no campo de tiro de Alcochete, ao alertar os suspeitos através de um telefonema.

Francisco Vasconcelos foi denunciado ao Ministério Público e exonerado do cargo em segredo e agora é arguido num processo por crimes de favorecimento pessoal, prevaricação, obstrução à justiça ou violação do segredo de justiça.

Covid-19

Mais Covid-19