Ex-diretor da CIA diz que os EUA eliminariam as forças russas em caso de ataque nuclear

Jornalista na secção de Internacional da TVI desde Novembro de 2012. Trabalhou na tvi24.pt e na editoria Newsdesk da estação desde a abertura do canal. Esteve no jornal electrónico Portugal Diário de 2006 a 2009, depois de dois anos e meio no jornal Público, onde estagiou e foi jornalista nas secções Público.pt e Desporto. Em 2008, ganhou o primeiro prémio em Videojornalismo do Observatório de Ciberjornalismo da Universidade do Porto, com o repórter de imagem Paulo Sampaio. Frequentou o curso de Teologia na Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, entre 1996 e 1999. Em 2004, licenciou-se na mesma universidade em Comunicação Social e Cultural.



3 out, 14:08

Se a Rússia atacar a Ucrânia com armas nucleares, não sobrará um único soldado russo sobre o terreno. O aviso partiu do general norte-americano na reforma e ex-diretor da CIA David Petraeus. Os ucranianos garantem que reconquistaram mais terreno na zona de Kherson, depois da libertação de Lyman, em Donetsk.

Europa

Mais Europa

Patrocinados