Eutanásia volta a ser aprovada. Ordem dos Médicos considera que "estamos a pôr o carro à frente do bois"

9 jun, 20:10

O Parlamento tem votado de forma consecutiva da mesma forma, mas como se sabe os direitos essenciais são sempre alvo de contestação. Tanto a Ordem dos Médicos como a Ordem dos Enfermeiros contestam as propostas aprovadas esta quinta-feira, e consideram particularmente mau discutir este assunto quando há problemas para resolver no Serviço Nacional de Saúde.

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados