“Estava cheio de sono, fiz um aparte irritado peço desculpa”. António Costa retrata-se de “expressão infeliz” dirigida a Moedas

16 dez 2022, 18:28

Após a Cimeira de líderes da União Europeia de quinta-feira, no fim da conferência de imprensa e já fora do púlpito, António Costa disse para um dos presentes na sala: "Pode perguntar-lhe porque não me contactou a mim, que tive a casa inundada", referindo-se a Carlos Moedas, presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Um dia depois, o Primeiro-ministro retratou-se e pediu desculpa ao autarca.

Governo

Mais Governo

Patrocinados