“Estamos a falar de pessoas que não têm acesso a água potável, comida e medicamentos”. Autoridades fazem “apelos dramáticos” por ajuda internacional

29 ago, 08:52

“A resposta está a ser dada com muita dificuldade. Tem havido apelos dramáticos das autoridades do Paquistão para a ajuda de vizinhos, FMI e Banco Mundial”, diz Filipe Santos Costa, correspondente da CNN Portugal na Ásia.

Chuvas diluvianas estão a causar cheias e enxurradas no Paquistão, situação que já tirou a vida a mais de mil pessoas e que deixou quatro milhões sem casa. “Este tipo de chuva, com esta intensidade e violência, não é nada comum. Mais de 700 mil casas foram destruídas”, continua o correspondente.

“Estamos a falar de pessoas que não têm acesso a água potável, comida e medicamentos. Houve colheitas destruídas, o que irá dificultar o acesso a comida nos próximos tempos”, alerta.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados