Eslováquia e Hungria rejeitam proposta total de embargo ao petróleo russo

4 mai, 20:16

A União Europeia vai deixar de importar petróleo russo até ao final do ano. Ursula von der Leyen admite que a tarefa não será fácil, mas garante que a Europa vai continuar a pressionar a Rússia a parar a guerra na Ucrânia.

O correspondente da CNN Pedro Moreira explica que esta iniciativa surge sobretudo depois da objeção por parte da Alemanha ser levantada, agora com novos fornecedores e menos dependente do petróleo russo. O mesmo não acontece com a Eslováquia e a Hungria, cujo embargo poderá acontecer de forma faseada. 
 

Europa

Mais Europa

Patrocinados