Escritora Lídia Jorge recorda Ana Luísa Amaral como "uma das vozes mais claras da poesia"

6 ago, 14:31

A escritora Lídia Jorge recorda a Ana Luísa Amaral, que morreu este sábado, como uma "figura absolutamente extraordinária na poesia portuguesa" e que deixará "uma marca inapagável" em Portugal.

Livros

Mais Livros

Patrocinados