“Eram inocentes e viveram este terror”. Médica lembra explosões no hospital duas vezes bombardeado

21 mai, 22:14

Orikhiv é uma cidade parcialmente destruída. A maioria fugiu das localidades vizinhas, mas há quem se recuse a abandonar a casa. O hospital da cidade foi bombardeado duas vezes pelas forças russas, como contou à TVI/CNN Portugal uma das médicas que lá trabalhava. Uma reportagem dos enviados especiais João Franco e Carla Rodrigues.

Europa

Mais Europa

Patrocinados