"Era necessário uma responsabilização". Marta Temido confirma que morte de grávida motivou demissão

10 set, 20:58

Marta Temido confirmou que a morte de uma grávida no Hospital de Santa Maria foi a gota de água que motivou a demissão do cargo de ministra da Saúde. Após a tomada de posse do novo titular da pasta, Marta Temido disse que "era necessário que houvesse uma responsabilização".

Governo

Mais Governo

Patrocinados