Era a prova que faltava. Após décadas de trabalho, foi possível fotografar um buraco negro super massivo

13 mai, 16:50

Foi registada a primeira imagem do buraco negro super massivo que existe no centro da Via Láctea.

Foram precisas várias décadas de trabalho em equipa e mais de 300 investigadores de 80 instituições.

Ciência

Mais Ciência

Patrocinados