Enfermeiros em protesto no Hospital de Évora. Deveriam ser mais de 100 e são apenas 78

Amílcar Matos
5 jan, 14:28

Os enfermeiros do serviço de urgência do Hospital de Évora protestaram esta manhã. Em causa, o excesso de horas de trabalho e a falta de profissionais no serviço de urgência.

Os próprios enfermeiros garantem que o serviços às populações pode ficar comprometido. 

Saúde

Mais Saúde

Mais Vistos

Patrocinados