Em Avdiivka vive-se no “isolamento total e ao som de bombardeamentos constantes”

9 abr 2023, 08:39

Carla Rodrigues, enviada especial à Ucrânia fala numa numa “noite complicada” nos arredores de Kramatorsk. E destaca a situação em Avdiivka, que está “praticamente cerca pelas forças russas” e também foi fortemente bombardeamente – nesta cidade, já não tem sido possível a entrada de voluntários. Carla Rodrigues explica ainda como funcionam os pontos de estabilização dos soldados, com carrinhas e ambulâncias, com médicos, a prestar apoio a quem está na linha da frente.

Europa

Mais Europa

Patrocinados