Economia russa está bem e recomenda-se? Palavras de Putin "não são para ser levadas a sério"

19 abr, 10:09

Em resposta às declarações de Ursula von der Leyen numa entrevista a um jornal alemão, onde dizia que a Rússia acabaria por falir devido aos custos da guerra, Vladimir Putin garantiu que a economia do seu país "está bem e recomenda-se". 

Helena Ferro Gouveia explica que as palavras do presidente russo são para "entender como para dentro, para a Rússia, e não necessariamente para ser levadas a sério para fora". 

Europa

Mais Europa

Patrocinados