"É um alívio". Mais do que celebrar a vitória de Macron, os franceses parecem preferir a derrota de Le Pen

25 abr, 21:05

Em Paris, a vitória de Emmanuel Macron foi recebida com alívio mas também resignação, sobretudo entre aqueles que se viram obrigados a votar mais uma vez pela necessidade de travar a extrema-direita.
O calendário político francês ainda não acabou e o segundo mandato de Macron tem uma primeira prova de fogo pela frente muito em breve.
A reportagem é dos enviados especiais Tiago Donato e João Póvoa Marinheiro.

Europa

Mais Europa

Patrocinados