"É não existir" e viver "sem direito a nada": Jasmin tem 39 anos e nunca recebeu uma nacionalidade

Jornalista de Economia
12 jun, 22:16

Jasmin reside em Portugal há quase 20 anos e é uma das 21 pessoas no país que continuam à espera que o Parlamento aprove o estatuto de apátrida.

País

Mais País

Patrocinados