“É muito provável que nos próximos dois, três dias, vejamos a Ucrânia a pedir mais armamento”

17 dez 2022, 17:53

Tiago André Lopes, comentador da CNN Portugal, considera que “é muito provável que nos próximos dois, três dias, vejamos a Ucrânia a pedir mais armamento, uma vez que não houve capacidade de transferir o armamento” recentemente fornecido, pois terá sido destruído pelos ataques russos.

“Sabemos que existe uma pressão fortíssima na linha mais oriental, que tem sido alvo de combates muito intensos”, diz o especialista, salientando que essa maior ofensiva “leva a que haja uma necessidade de reforçar com equipamento”.

Para Tiago André Lopes a guerra não será resolvida “no curto espaço de tempo”, mas defende que o regresso o quanto antes à mesa negocial é importante.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados