“É assim que fazemos uma cirurgia ao coração hoje”. Ataques russos cortam energia em hospitais - e há cirurgias feitas com lanternas

24 nov, 21:21

Os bombardeamentos russos deixaram grande parte da Ucrânia sem energia e nem os hospitais escaparam. Nos hospitais de Kiev há cirurgias são feitas com lanternas e geradores de emergência, como aconteceu com uma cirurgia ao coração de uma criança de três meses, que teve de ser operada durante um apagão na capital.

A Rússia tem bombardeado infraestruturas de abastecimento e redes de energia em várias localidades da Ucrânia e, só esta quinta-feira, dois terços das pessoas em Kiev não tinham luz, aquecimento e água.

“É assim que fazemos uma cirurgia ao coração hoje”, conta um dos médicos, que teve de explicar aos pais que ou a criança era operada sem luz ou morreria. E tudo correu bem: a criança sobreviveu.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados