"É a suspeita de que esta app (...) serve para o Estado chinês espiar cidadãos estrangeiros"

Correspondente em Tóquio
15 dez 2022, 08:53

O Senado dos Estados Unidos aprovou a proibição da aplicação TikTok nos dispositivos oficiais de funcionários do Governo federal, embora a norma precise da "luz verde" da Câmara dos Representantes para se tornar lei.

Filipe Santos Costa, correspondente da CNN POrtugal na Ásia, explica o que levou a esta decisão:

"É a suspeita de que esta app de partilha de videos, aparentemente tão inocente, serve para o estado chinês espiar cidadãos estrangeiros"

 

E.U.A.

Mais E.U.A.

Mais Vistos

Patrocinados