“Doutrina do choque”, “pura propaganda” e “campanha mediática”. Vala de Izium “é cemitério de militares ucranianos” - Agostinho Costa

18 set, 12:05

O Major-general Agostinho Costa acredita que a vala comum encontrada em Izium é um paradigma que já sai do plano das operações militares e entra no das “operações psicológicas e de campanha mediática”. O especialista bélico entende que “é estranho dizer-se que é uma vala comum que está cheia de cruzes”.

Realçando que não está a minimizar os factos, Agostinho Costa evidencia que “são sempre imagens dramáticas, mas para quem não se tenha apercebido está a decorrer uma guerra na Ucrânia”, mas lembra que o que se passa no território ucraniano “não é um filme de Hollywood é uma guerra onde se morre”.

“Pura e dura propaganda”, diz o experiente militar, lembrando que esta instância “faz parte da doutrina do choque” e que “é ridículo dizer que se vê a vala comum de um satélite, quando esta está cheia de cruzes”. Para Agostinho Costa, a vala comum de Izium nada mais é do que “um cemitério de militares ucranianos que ali ficaram”.

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados