Dois oligarcas russos e as famílias encontrados mortos em apenas 24 horas

23 abr, 13:52

Um oligarca russo foi encontrado morto na casa onde passava férias em Espanha.

A mulher e a filha também foram encontradas mortas, em circunstâncias ainda por apurar.

Sergey Protosenya, de 55 anos, era ex-diretor do Gazprom Bank, um dos maiores bancos da Rússia.

A polícia espanhola encontrou o oligarca enforcado dentro da propriedade onde passava férias, em Lloret del mar, perto de Barcelona.

A notícia surge um dia depois do também oligarca Vladislav Avayev ter sido encontrado morto, juntamente com a mulher e filha, em casa, em Moscovo.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados