Diretor executivo SNS sobre maternidades: "Mais do que fechar, do lado do privado, é reorganizar essa oferta"

22 jan, 10:06

O diretor executivo do Serviço Nacional de Saúde (SNS) garantiu, numa entrevista à TSF/JN, que não faz sentido fechar maternidades públicas, porque a distância de um bloco de partos de uma ou duas horas para uma grávida é muito relevante.

Fernando Araújo disse que o mais sensato é reorganizar também o privado ou fundir serviços.

Saúde

Mais Saúde

Mais Vistos

Patrocinados