“Deus é paz”, Papa apela ao fim da guerra na Ucrânia no sétimo congresso de líderes das religiões mundiais

14 set, 15:03

O Papa Francisco defendeu que Deus não guia as religiões para a guerra. As palavras foram interpretadas como uma crítica implícita ao patriarca ortodoxo russo, Cirilo I, que apoia a “operação militar especial” na Ucrânia.

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados