"Depois de ser cremado é que vêm pedir mais exames?" Tutor de Bobi coloca em causa decisão do retirar o título do livro do Guinness

Correspondente da TVI em Leiria
24 fev, 23:13

Bobi, o cão português, perdeu esta semana o seu recorde mundial do Guinness como o cão mais velho de sempre. O Guinness pôs em dúvida a idade de 31 anos declarada por Bobi e decidiu revogar o título.

O tutor Leonel Costa rejeita a decisão, alegando que o lobby da indústria de alimentos para animais de companhia, descontente com a sua declaração sobre a dieta caseira de Bobi, influenciou a retirada do título.

Costa insiste que apresentou todos os testes laboratoriais necessários para verificar a idade de Bobi e considera suspeito que as dúvidas tenham surgido apenas dois dias após a cremação do cão. 

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados