Decisão do TPI é uma espécie de "crónica anunciada": Netanyahu "não está a ser acusado", "pode vir a ser" pela prática de crimes internacionais

21 mai, 08:36

O procurador do Tribunal Penal Internacional, Karim Khan, pediu que seja emitido um mandado de detenção para o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu.

Azeredo Lopes, comentador da CNN Portugal, frisa que “nunca” é bom para um estado ver o seu primeiro-ministro indiciado pela prática de crimes de guerra e crimes contra a humanidade.

O procurador pede também que seja emitido um mandado de detenção para três líderes do Hamas por crimes cometidos desde 7 de outubro. 

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados