Covid-19: supermercados admitem problemas nos abastecimentos

6 jan, 20:41

Os supermercados e outras marcas de retalho especializado podem vir a ter falhas nas cadeias de distribuição, nas próximas semanas, com o previsto aumento dos isolamentos provocados pela Covid-19.
O alerta é da associação que representa as empresas do setor que pedem mudanças à Direção-Geral da Saúde (DGS), nomeadamente a redução de 7 para 5 dos dias de isolamento dos infetados sem sintomas.
O diretor-geral da  Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), Gonçalo Lobo Xavier, defende que a mudança anterior é fundamental, numa altura em que Portugal já tem quase 450 mil isolados por infeção ou contactos de risco, com estimativas que apontam ainda mais significativo para um aumento das próximas semanas.  
Os empresários dos supermercados e das grandes lojas de retalho especializado não alimentar estão preocupados com os efeitos nas cadeias de distribuição, admitindo falhas que até agora não existiram - apesar do aumento do absentismo -, mas que podem surgir nas próximas semanas.
Gonçalo Lobo Xavier defende que existem evidências científicas claras que justificam a redução do tempo de isolamento e recordam aquilo que acontece noutros países e até nos Açores e na Madeira onde o isolamento dos assintomáticos já é de apenas 5 dias.

Economia

Mais Economia

Patrocinados