Cores da Ucrânia iluminam os céus do Funchal. Refugiados não foram porque o som do fogo de artifício reacende o trauma da guerra

5 jun, 14:36

O Festival do Atlântico acontece no cais do Funchal nos sábados de Junho e tem como elemento principal espectáculos piromusicais, que aliam música com fogo de artifício. 

O evento, que nasceu há precisamente 20 anos, teve uma empresa ucraniana a organizar o primeiro espectáculo de 2022, com o tema "As várias cores da alma ucraniana".

A grande maioria dos mais de 400 refugiados ucranianos que a Madeira acolhe escolheram ficar em casa. À TVI/CNN Portugal, a responsável pelos ucranianos na Madeira lembra que “o trauma ainda está muito forte e quiseram esconder as crianças, por causa do som dos rebentamentos do fogo de artifício”.

Valentina Chan garante que os refugiados se sentem bem acolhidos e gratos. Além disso, “este espectáculo foi uma grande surpresa para todos nós, ficámos muito felizes”. E reitera: “queremos paz, não interessa se vai haver vencedores, ninguém é vencedor numa guerra, estamos todos juntos, não estamos sós nesta guerra, Portugal está connosco”.

Isto numa altura em que o Governo Regional reconheceu já a dificuldade de incluir os refugiados no mercado de trabalho. Um desafio que esbarra com as expectativas positivas iniciais, do Executivo madeirense, que continua a procurar soluções rápidas e eficientes, no acolhimento aos refugiados. A secretária regional da Inclusão Social e Cidadania justifica o problema dizendo que “os primeiros ucranianos que ficaram na Madeira eram turistas e falavam muito bem línguas”, enquanto os que foram, entretanto, chegando à região não dominam o inglês nem o português. Rita Andrade lembra que a grande maioria dos refugiados na Madeira são mulheres, mães com crianças, que não contam com o apoio da estrutura familiar e, por isso, apresentam maiores dificuldades de inserção no mercado de trabalho.

Com a duração de 20 minutos, os espetáculos do Festival do Atlântico atraem milhares de turistas e residentes. A 11 de Junho é a vez da empresa do Canadá “Apogée Fireworks” revelar o projeto denominado “Os imortais”, estando o espetáculo de 18 de junho a cargo da empresa belga “H.C. Pyrotechnics” com o tema “Uma jornada de emoções”. A 25 de Junho Portugal encerra a edição deste ano. 

País

Mais País

Patrocinados