Conselho Europeu quer reduzir "o mais rapidamente possível" a dependência do gás russo

21 abr, 00:16

Charles Michel terá dito ao Parlamento Europeu há algumas semanas, que mais cedo ou mais tarde seria preciso impor sanções ao Governo de Putin. "Claro que o objetivo é que seja difícil para a Rússia, não para aqueles que apoiam a Ucrânia, os países da União Europeia".

O presidente do Conselho Europeu garante ainda que foi tomada a decisão de reduzir "o mais rapidamente possível" a dependência do gás russo e do petróleo. "Estamos a fazer progressos nesse sentido". 

Europa

Mais Europa

Patrocinados