Congresso correu bem a PNS, “o grande teste será quando ele se expuser a entrevistas e debates”

8 jan, 22:59

Paulo Ferreira defende que “o plano económico” que Pedro Nuno Santos apresenta “é de algum dirigismo do estado em relação à economia”, algo que, diz, “historicamente, tem mais tendência a correr mal do que a correr bem”. Olhando para o congresso do PS que decorreu este fim de semana, o comentador defende que “correu bem” ao secretário-geral do PS - “a coreografia estava ótima, o filho sentou-se ao colo” -, mas alerta que o congresso é “um ambiente controlado” e, por isso, “o grande teste será quando ele se expuser a entrevistas e debates e ficará vulnerável a críticas”.

Decisão 24

Mais Decisão 24

Mais Vistos

Patrocinados