Comissão de inquérito à TAP: CEO diz que foi "bode expiatório" em batalha política

Jornalista de Economia
4 abr 2023, 22:36

A presidente demissionária da TAP está a ser ouvida no Parlamento, numa audição que dura desde as 17:30 horas, na comissão parlamentar de inquérito. Em causa está o pagamento da indemnização de 500 mil euros à ex-administradora Alexandra Reis.

Christine Ourmières-Widener já disse que se considera um "bode expiatório" numa batalha política, e que se limitou a cumprir ordens do Governo que entretanto a despediu. Também apontou o dedo ao ex-ministro Pedro Nuno Santos. 

Governo

Mais Governo

Mais Vistos

Patrocinados