"Claramente houve um arrependimento e claramente houve um interesse público nas informações que Rui Pinto divulgou"

16 jan, 17:52

No final das alegações finais no julgamento do processo "Football Leaks", o advogado de Rui Pinto disse aos jornalistas não ter dúvidas de que as informações divulgadas pelo pirata informático foram "de interesse público".

Francisco Teixeira da Mota explicou também porque não pediu a absolvição de Rui Pinto, tal como era expectável.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Vistos

Patrocinados